Thursday, February 12, 2009

Carta aos amigos

Meus Queridos,
não sei se compreenderão as razões, não sei se vale a pena explicá-las, não sei se qualquer explicação estará à altura da complexidade dos motivos.... Mas, sinto-me negligente em relação àqueles que não vejo à meses, com os quais não falo à semanas e com aqueles que sou ausente nos grandes e pequenos momentos. Podia falar com cada um de vós individualmente, mas pelo que me têm afastado dos encontros e das presenças ausentes, esta tornou-se a forma mais prática de "falar" com todos. Há também um pouco de vergonha que tento ignorar, que me faz por vezes achar "o que é que ele ou ela estará a pensar?". Há também outra justificação para utilizar o blog, não motivos pontuais, específicos ou individuais, esta ausência preocupada em como estarão tem para todos as mesmas razões: as várias mudanças na minha vida que me deixaram sem tempo e sem capacidade de organização para vos encaixar propriamente.
Os meus tempos são agitados, mas felizes. E como em tudo há um senão.... como é que vocês estarão?
A sara estou segura que já me rogou pragas, a joana começa a crer que um dia se me encontrar vai ser no hospital só porque fiquei doente, a paula já acha que a esqueci, o filipe já pensa que fui mais uma ovelha ranhosa que se afastou do rebanho, a rita deve achar que agora só me vê no natal e nos aniversários, a inês já acredita que na rua se me reconhecer vai ser pela voz de só falarmos ao telefone, a cris creio que está nos últimos avisos,..... e tantos outros que eu podia dar exemplos, porque é isso que está na base desta carta, saber que tenho a sorte de ter tantos amigos e imaginar que o silêncio do esquecimento entre nós possa estar a crescer. Só queria que soubessem que não me esqueço, porque os amigos não se esquecem.
Não sei se este ano vai ser mais fácil reencontrar os compassos certos das nossas amizades, espero que sim embora saiba que tenho um ano complicado pela frente, mais queria que soubessem que não é por esquecimento que não somos mais vezes "nós".
Beijos,
Rita

Pérolas de Saber


" There's no way to hapiness.

Hapiness is the way! "
não estou a dizê-lo num dia em que me sinta especialmente optimista, mas esta frase deixou-me um bocadinho melhor e pareceu-me no espírito do que justifica a minha ausência do deste mural: menos tempo, mais trabalho, mais stress, mais amor e muita muita felicidade.

Tuesday, October 7, 2008

Sondagem - Casamento HomossexuaL

Do tanto que se ouve, do muito que se diz. Eu sou a favor! Mas quis, através de uma sondagem, saber a vossa opinião sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Fico à espera do vosso e também da vossa opinião quanto à seguinte pergunta:

Está de acordo com o casamento entre pessoas do mesmo género

Sunday, October 5, 2008

Republicanos Sempre!

"Republicana Sempre!" para mim isto é uma certeza e para todos os que, como eu, pensam hoje é dia de festejos. É com satisfação que sei que já passaram 98 anos desde que da varanda da Câmara Municipal de Lisboa foi proclamada a República, pela voz de José Relvas.

Depois de períodos mais turbulentos, instáveis e sombrios a República Democrática Portuguesa encontra-se viva, activa e consolidada. Acho mesmo que encontra-se bem e recomenda-se.





Viva a República! Sempre!







celebrações no Rossio, 05/10/1910 fotografia Dário Chaves

Saturday, October 4, 2008

Sabia que...

A minha cultura energética podia ser muito melhor já sabia disso, mas constatei essa realidade ainda com mais certeza quando, ao participar num fórum de discussão sobre opções de futuro no ramo energético em Portugal, pude constatar o meu total desconhecimento por estes factos...

Sabia que...

.... a investigação feita ao nível de energia nuclear é já permitiu chegar a reactores de IV geração, mais eficientes e seguros?

... apesar de ter sido inventado à mais de 100 anos o motor de um automóvel continua a ser uma das máquinas menos eficientes a nível energético?

.... em Portugal reside a primeira central, a nível mundial, de produção de energia através de ondas ?

... 7 minutos de cada hora de energia em Portugal já é na sua totalidade de origem eólica?

Sunday, September 28, 2008

Impossible not to miss

Quando tomei conhecimento desta notícia estava com uma pessoa que imediatamente disse: "O Paul Newman era um daqueles actores que devia ter vivido até aos 100 anos".
Não pude deixar de reconhecer muita verdade nesta afirmação, sem dúvida que o mundo ficou mais pobre em beleza, nobreza, talento e outras tantas qualidades que faziam de Paul Newman One of a Kind na indústria cinematográfica.
Foi um dos primeiros actores que reconheceu na fama alcançada a responsabilidade de assumir opiniões, causas e batalhas. Encantava quem via os seus filmes com a sua beleza intemporal aliada ao talento demonstrado nas suas interpretações e associava simultaneamente a estes a criação de fundações de cariz social.
Neste apontamento que tem tudo de incompleto para demonstrar a grandeza de um grande homem e actor, fica a certeza de que existe algo de exemplar em tudo o que respeita Paul Newman (1925-2008).


Tuesday, May 6, 2008

Liberdade de Expressão


Talvez não seja o melhor mural relativo ao 25 de abril, mas este é um acontecimento que não pode passar sem ser referencionado no liberdade mural. Não sei onde fica, nem quem o pintou, mas é um dos muitos murais motivados por este tema e é bem representativa de uma das vitórias conseguidas: a liberdade de expressão.

Monday, May 5, 2008

Vestida para Casar


Assunto platónico preferido das mulheres: casamento. Medo nº1 não assumido por muitas mulherse: não casar.

Eis a fórmula perfeita para chamar a atenção de uma mulher e se a isto juntarmos algum humor de qualidade, um amor impossível e um outro inesperado temos filme para uma tarde de domingo. Pelo menos para mim! Fora a conversa de casamento, eu sou atraída para qualuer filme desde que o género seja a comédia romântica. Por isso Vestida para Casar não me podia escapar.

É um filme divertido, que segue todas as regras básicas das comédias românticas, que tem o seu maior trunfo em Katherine Heigl, que não só é a alma do filme como a actriz que nesta película tem mais qualidade (excepção feita à Judy Greer que já merece papeis de maior destaque).

É um filme muito recomendado a futuras noivas porque serve de wake up call para muitos dos exageros que o entusiasmo por esta cerimónia as leva a cometer.

Sunday, May 4, 2008

Náufragos

" Podiam chover bombas lá fora. O céu podia mudarde cor, cair de repente. O mar tornar-se venenoso. O que eles queriam era as palavras um do outro. As palavras e os suspiros e os ruídos e tudo mais que um corpo amado produz sobre esta terra, debaixo deste céu. Ficavam horas agarrados ao telefone como náufragos. Diziam frases incompletas que só eles entendiam e adivinhavam. Por vezes deixavam-se ficar em silêncio, porque no silêncio pareciam encontrar-se mais de perto. "
Pedro Paixão, in Quase gosto da vida que tenho

Acabei de ler este livro, Pedro Paixão continua a encher-me a alma com a beleza com que usa as palavras.